Pesquise!

quarta-feira, 24 de março de 2010

segunda-feira, 22 de março de 2010

quinta-feira, 18 de março de 2010

Flapjack é o cara!

CARA, nunca achei que fosse achar algo que pudesse se comparar a SpongeBob SquarePants, mas novamente eu estava enganado...
Mesmo que muitos possam achar que a nova leva de programação da Cartoon Network esteja sem a mesma qualidade de antigamente (e eu até concordo com isso, em partes), não posso deixar de comentar sobre um dos meus mais novos mascotes: The Marvelous Misadventures of Flapjack (As Trapalhadas de Flapjack), um desenho engraçado, criativo, e o mais importante, totalmente cômico!
De primeira vista, é bem possível que você vá achar FlapJack apenas mais um falido, como Chowder ou Ben 10, mas tenho certeza que as histórias sem-pé-nem-cabeça somadas a dublagem patéticamente engraçada e as personagens sem-sentido vão fazer sua idéia mudar rapidinho.
Além do próprio FlapJack, a baleia Bolha e o Capitão Falange compõem o "elenco" principal desse que é, concerteza, o melhor e mais promissor desenho da nova geração televisiva!
flapjack.jpg flappie image by ROKSTIZAR

Por falar em 2ª Guerra...


Só pra não perder o embalo, vou aproveitar o tema do meu último post para recomendar o livro que eu estou lendo: O Vôo das Águias. A obra conta a história de dois irmãos gêmeos, ambos pilotos de aeronaves durante a 2ª Guerra, porém um é piloto pela RAF inglesa, enquanto o outro pilota pela Luftwaffe alemã. Essa trama é agrava por questões familiares, amorosas e por santagens nazistas.
Portanto fica ai minha dica, o Vôo das Aguias de Jack Higgins!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Inglorious Bastards - esse é bom...



Na segunda-feira assisti um filme que já fazia tempo que estava na minha lista. Desde que vi seu trailer pela primeira vez vez, já comecei a imaginar o quão legal seria ver o lado "Tarantino" da 2ª Guerra Mundial, ou seja, cheio de armas, adventos sangrentos, constantes retrospectivas nas vidas das personagens, e toda aquela besteirada encontrada em Kill Bill. Porém fui novamente enganado por minhas próprias deduções: não é que o filme é bom mesmo?! Mesmo sendo um filme baseado na visão totalmente norte-americana, Bastardos Inglórios relata uma ficção onde o grande "Dia D" é substituído na vitória aliada por uma operação mais arriscada e impossível de se realizar, porém muito mais interessante.
Basicamente, o filme troca a invasão e o suicídio do derrotado Führer pela ação de um grupo de soldados alemães e americano judeus liderado por Aldo Raine (Brad Pitt), que partem para a França no intuito de exterminar qualquer nazista que ultrapasse seu caminho, entrelaçando na historia da orfã judia Shosanna Dreyfus (Mélanie Laurent), que perdeu seus pais durante o início da ocupação da França por Hitler, e que se torna dona do cinema escolhido para receber toda Elite Nazista para a estreia do "melhor" filme do Reichführer Heinrich Himmler, vendo nessa ocasião a oportunidades perfeita para sua vingança.
Utilizando suas características de roteiro favoritas, a vingança e a violência com uma pitada de humor mórbido, Quentin Tarantino surpreendeu todas as críticas mudando pouco o estilo de suas obras como "kill bill", porém fazendo um filme extraordinário e bem dialogado, que rendeu até prêmios de melhor ator coadjuvante para Christoph Waltz no papel do Coronel Hans Landa.

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Regresso...?



UFA, até que enfim arrumei tempo pra escrever nesse blog falido! (rsrsrsrs) Passei por muitas coisas nesses últimos dias e acho que vou começar a compartilhar mais delas nesse espaço, mesmo que ninguém realmente leia...mas acho que vai me fazer bem...sei lá... (rsrsrs)! Talvez seja apenas uma forma de arrumar desculpas pra ficar mais tempo na frente do computador e não procurar um emprego, mas tudo bem, ainda não estou passando fome! (rsrsrsr).